Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Otorrino, Terapeuta da fala, Ortodontista...Otorrino novamente...

e andámos nisto durantes uns tempos até que....

 WhatsApp Image 2017-11-24 at 16.13.45.jpeg

 

Explicando a história do início...em bebe a Gabriela sofria de amigdalites com frequência. Na sala dos 2/3 anos a educadora comunicou que ela falava a nasalado. Suspeitando das amígdalas fomos até um otorrino. Raio-x e além das amígdalas tinha as adenóides grandes, mas como estava a crescer poderia ser que elas estagnassem de tamanho.

No ano a seguir mudou de infantário e a nossa educadora indicou-me que talvez fosse bom ela frequentar terapia da fala...falando com uma terapeuta confirmou o que suspeitavamos...se as amígdalas são grandes e as adenóides também é muito difícil ajudá-la a falar melhor porque ela não consegue por questões físicas.

Mas repetimos os exames...nova consulta de otorrino (1ano depois) com direito a novo raio x e desta vez exame à audição. O mesmo veredicto muito grandes mas ainda tinha espaço para respirar pelo que se quisessemos poderíamos po-la na terapia da fala para ir ajudando a treinar a posição da língua.

 

Começou assim a fazer sessões de terapia da fala, até que a terapeuta nos questiona se alguma vez foramos a um dentista, pois a menina tinha mordida cruzada. Marquei uma consulta num ortodontista...a sobrinha tinha descoberto que tinha mordida cruzada nessa altura e anda agora com aparelho.

 

Fui com ela e achei muito interessante...menos a parte dos 60€ de consulta. Então no meio de tanta informação a mais interessante foi que ela detetou que a Gabriela respirava pela boca...sinais como olheiras, nariz pequeno, zona da boca mais alongada sendo que não resolvendo isto poderá ter problemas de postura e distração por não descansar/dormir bem. E ainda problemas a comer, como carnes ou tudo que faça mastigar muito tempo, sendo a denominada pastelona a comer. Foi tão certeiro que até fiquei arrepiada...com algumas considerações como: alguns otorrinos esperam até aos 12anos para a extração de amigadalas mas depois é necessário reeducar estas crianças a respirar pelo nariz e ainda assim é tarde porque toda a fisionomia do rosto foi alterada, a postura corporal... resumindo sugeriu-me outro otorrino.

04. adenoides, polipos.jpg

E assim fiz marquei outra consulta de otorrino para uma segunda opinião...E a opinião a dele é que teria de ver melhor as adenoides e a menina a dormir. Dias depois com nova consulta, desta vez no hospital Lusíadas no Porto para uma rinoscopia que permite ver melhor as adenóides que o raio-x, munidos de várias filmagens da Gabriela a dormir...descobrimos que faz apneia do sono, adenóides ocupam mais de metade do nariz e amigdalas enchem a garganta..sendo recomendada a extração total.

 

No fim de janeiro será este nosso caminho no Hospital da Luz em Aveiro.

 

 

2 comentários

Comentar post