Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Ajudar toxicodependentes....

Não é a minha cena.

 

Embora, se não me engano, todos os que trabalham e pagam impostos contribuem para ajudar toxicodependentes!

tiox.jpg

 

Tenho um trauma com o assunto talvez...e agora com filhos não nos podemos livrar...mas filhos, isto é para vocês...'azar o vosso se optarem por este caminho!' Sim...parte do problema para mim é o julgar que optaram por esse caminho.

 

Qualquer pessoa com 2 dedos de testa sabe o vício e os malefícios da droga...por isso se se metem nisto é porque querem! Há uns anos...quando trabalhava no Porto, trabalhei com um rapaz...na altura eu com 23 e ele com 30's e marcou-me...simpático e educado, culto e gentil, com ar tranquilo...mas velho...com ar pelo menos...

 

Descobri que era ex-toxicodependente...dormira nas ruas do Porto agarrado aos sapatos para que não lhos roubassem, andou de centro de reabilitação em centro, perdera a esposa e o trabalho...ficou com dúvidas...mas não tardou muito que a história se repetisse...

 

Tinha um trabalho que poderia ser para a vida...onde todos nos dávamos bem...(num hotel hotel talvez com 30 funcionários dava bem para nos divertirmos enquanto trabalhávamos), se ganhava muito?! Não sei...mas acho que era o suficiente...talvez até demais...já que depois o gastava todo na droga e vinha-nos pedir emprestado para comer...

 

Acabou por perder o trabalho...e não por tentativas da minha chefe de o ajudar, deve ter sido a pessoa que mais tentou...deu-lhe férias para que pudesse ir para centro de reabilitação, manteve a descrição enquanto pôde, perdia 20 min a tomar pequeno-almoço com ele ( e para ter a certeza que ele comia) para que não fosse uma perda mas sim um ganho...mas sem sucesso! (a ti ex-chefe que dás aqui uma perninha no blog - és a maior!)

 

Perdeu a namorada também que trabalhava lá no hotel...

 

Se não me engano também perdeu a casa...e nem carro tinha (sempre poderia ser uma alternativa para dormir)

 

Os amigos...acho que chegam a um ponto que já não há...ninguém aguenta!

 

A família...nem sei...suponho que não fossem do Porto...

 

Perdeu-se...e espero sinceramente que se tenha encontrado e não ande perdido nas ruas do Porto...por onde é bem fácil ficar-se perdido!

 

Com esta história o meu inconformismo para ajudar os toxicodependentes ainda é maior...

 

São escolhas meus caros, lamento mas não posso contribuir!

2 comentários

Comentar post