Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

Agora somos 7

Um blog para a partilha de dicas e interesses de uma família de 7 (cães à mistura) em diversas áreas.

A escola...mas na Finlândia!

Eu já admirava os países nórdicos mas agora estou encantada...

 

Construiram uma escola fora dos padrões normais que vi no facebook Incrivel Club e por outro acaso descobri esta publicação 7 principios da educação finlandesa do qual partilho os pontos que acho mais interessantes:

 

escola.jpg

 

- "Os finlandeses não classificam os alunos segundo suas capacidades ou aspirações profissionais, tampouco há alunos ’bons’ e ’maus’. É proibido fazer comparações entre alunos.

- A profissão ou status social dos pais dos alunos são informações que os professores ficarão sabendo apenas se for necessário.

- Se especializar numa matéria em detrimento das outras não é algo bem visto.

 

- Além da educação, também são gratuitos:

  • As refeições;

  • As visitas a museus e atividades extra-classe;

  • O transporte que leva e traz os alunos se a escola estiver a mais de 2km de suas casas;

  • Todos os livros didáticos e material escolar, como calculadoras, computadores individuais e tablets.

- Estuda quem quiser estudar. Os professores tentarão atrair a atenção dos alunos, mas, se algum não quiser prestar atenção, não tiver interesse ou não for capaz de entender a aula, será orientado depois a que busque por uma profissão prática, porém útil

 

- Os alunos não são obrigados a sentar-se nas carteiras. Se quiserem, podem recostar-se num tapetinho no piso. Em algumas escolas as salas de aula têm sofás ou divãs. Nas salas de aula das séries primárias se usam almofadas.

 

- Quando o clima é favorável (considerando o frio que faz por lá) as aulas são dadas ao ar livre, dentro do terreno da escola ou nos bosques, ou em bancos dispostos como ’anfiteatro’ no pátio. Na hora do recreio, os alunos mais novos são levados para fora por pelo menos 10 minutos.

 

- Dever de casa é coisa rara! Os alunos precisam descansar. Para evitar que os pais façam o dever de casa junto com os filhos, os professores recomendam que, ao invés disso, a família vá junta ao museu, ao bosque, à piscina etc.

 

Os finlandeses dizem: «É possível prepará-los ou para as provas ou para a vida. Escolhemos a segunda opção».

Na escola só se ensina o que pode vir a ser útil na vida. Saber como funciona a caldeira da metalúrgica não tem utilidade. Agora, os alunos finlandeses desde criança sabem o que é um portfólio, um contrato, um talão de cheques, sabem calcular a percentagem do imposto sobre heranças ou a renda pessoal, como criar um site, como calcular descontos em produtos, desenhar a Rosa dos Ventos e localizar o lugar onde vivem etc..."

 

Em suma, e não poderia eu escrever melhor:

" Mas o que interessa é que as escolas finlandesas estão fazendo o que é mais importante: seus alunos não sofrem de stresse de noite e nem têm pesadelos com a prova, não sonham crescer rápido para se livrarem dos deveres e nem odeiam a escola! Essas escolas não fazem as famílias sofrerem junto com os filhos os martírios da vida escolar; lá essas coisas não existem. As crianças são tranquilas, sensatas e felizes, leem muitos livros, jogam no computador, andam de patins, de bicicleta, compõem músicas, fazem obras de arte, cantam e vivem bem... além de aprenderem coisas novas diariamente num dos lugares mais legais do mundo!

 

SOBRINHA JÁ SABES ONDE TENS DE IR FAZER ERASMUS!

 

6 comentários

Comentar post